segunda-feira, dezembro 5, 2022
spot_imgspot_imgspot_imgspot_img
InícioPOLÍTICABrasilCasimiro desmente fake news política e tem o tweet mais curtido do...

Casimiro desmente fake news política e tem o tweet mais curtido do Brasil – Capricho

Está rolando uma discussão muito intensa sobre censura no Brasil – que a gente vai abordar em detalhes, muito em breve, no CH na Eleição. Por ora, é importante reforçar que proibir a criação e o compartilhamento de fake news não pode nem deve ser considerado uma espécie de censura, pois é um ato de combate à desinformação, que pode ser bastante perigosa.
Por exemplo, no final de semana, o senador pelo Rio de Janeiro Flavio Bolsonaro publicou nos Stories do Instagram uma foto do streamer Casimiro sorrindo e segurando dois balões com os números 22. O post ficou cerca de 15 horas no ar e foi exaltado por apoiadores do atual presidente da República, Jair Bolsonaro (PL), até ser apagado. O motivo? A imagem era falsa.
 
Ao olhar com um pouquinho mais de atenção, era fácil notar a edição tosca da foto. Parte do segundo número 2 estava cortado, o braço esquerdo de Casimiro estava deformado e havia uma sombra na região do ombro esquerdo, escancarando que tudo não passava de uma montagem. Flávio, contudo, não se atentou a esses detalhes ~nem tão pequenos~, muito menos foi checar a informação antes de compartilhá-la para seus quase 4 milhões de seguidores.
“Prezado Casimiro, peço desculpas pela postagem equivocada. Foi de minha assessoria, mas responsabilidade não se transfere. Tão logo soube, mandei retirar imediatamente. Se Deus quiser, Bolsonaro vai vencer e continuaremos resgatando o Brasil do caos deixado PT. Abs!”, escreveu na retratação pública.
A foto original havia sido postada pelo streamer no dia 20 de outubro, quando Casimiro celebrou seus 29 anos de idade. “Vou fingir que não compramos esses balões só pra tirar essa foto e que eu não postei essa foto só pra ganhar uns likes”, escreveu na legenda da imagem que foi alterada.
Uma publicação compartilhada por Casimiro Miguel (@casimiro)
//www.instagram.com/embed.js
No Twitter, Caze fez questão de se posicionar ao descobrir que havia sido vítima de uma notícia falsa: “Assim que acordei vi a montagem tosca feita com o intuito de enganar o eleitor a uma semana do 2° turno. Repudio a utilização da minha imagem sem autorização para fins eleitorais e reafirmo minha posição de insatisfação com o atual governo. Como sabem, dia 30 meu voto é 13“, escreveu. O candidato Lula (PT), que também teve seu nome envolvido na história, respondeu o criador de conteúdo: “Obrigado pela confiança, Casimiro. Sinto que tenhamos que passar por um processo eleitoral com tantas mentiras dos nossos adversários. Dia 30 vamos juntos votar 13”.
O tweet não para se crescer! Até o momento em que esta matéria foi publicada, tinha mais de 191 mil retweets, 35 mil comentários e 940 mil curtidas, tornando-se o tweet brasileiro mais curtido da História! Até então, o recorde era do jogador Vinicius Jr, que usou a rede social para agradecer o apoio que sofreu após ser vítima de racismo.
Assim que acordei vi a montagem tosca feita com o intuito de enganar o eleitor a uma semana do 2° turno. Repudio a utilização da minha imagem sem autorização para fins eleitorais e reafirmo minha posição de insatisfação com o atual governo. Como sabem, dia 30 meu voto é 13.
— caze (@Casimiro) October 23, 2022
https://platform.twitter.com/widgets.js
O caso em questão é didático e faz a gente entender que o combate às notícias falsas não é um tipo de censura, mas uma necessidade, pois é importantíssimo que informações sejam checadas antes de serem compartilhadas por aí, ainda mais por pessoas que têm uma legião de seguidores e um papel relevante dentro da sociedade. Com aplicativos de mensagens instantâneas, como o WhatsApp e o Telegram, e as próprias redes sociais, a desinformação é tida muitas vezes como verdade e confundida como opinião, quando, na realidade, não é. Opinião todos temos e devemos ter, mas ela deve ser embasada em algo verídito e nunca ferir o direito de existir do outro. Fake news não são opiniões e nem todos possuem as artimanhas necessárias para identificar de pronto essas notícias falsas – e muitos acabam usando isso de má fé, como uma manobra em prol do desconhecimento. Todo cuidado é pouco! 👀
A partir de R$ 9,90/mês 
A partir de R$ 9,90/mês 
A partir de R$ 9,90/mês 
A partir de R$ 9,90/mês 
A partir de R$ 9,90/mês
A partir de R$ 9,90/mês 
Leia também no GoRead
Copyright © Abril Mídia S A. Todos os direitos reservados.

source

RELATED ARTICLES

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Most Popular

%d blogueiros gostam disto: